Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Um novo brinquedo para as pequenas pessoas

por Nhex, Sexta-feira, 28.05.10

Este já é mais conhecido que os tremoços, mas na verdade aqui nas Berlengas eu e o Alfredo temos andado revoltados, com a maneira como tratam os unicórnios pigmeus (pigman unicornium) e os focossauros (focas assassinias de plancton). E vocês perguntam porquê? Meus amigos, é muito simples utilizaram a beleza destes seres fantásticos para criar brinquedos mais violentos que o action man e as pistolas de "caubói" juntos. Não se acreditam, então vejam bem:

 

Alguma vez viram o Flecha (o unicórnio do Carlos Alfaiate) a fazer isto a um mimo? A UM MIMOO? Ainda por cima para parecer pior, puseram o corno lightsaber do star wars como arma opcional.

 

e este?

Alguma vez viram o Flipper a fazer isto?? Então porque é que ia o Pilatus a nossa focossaura macho-dominante da baía, fazer isto a uma foca comum e a um koala? ("dabliu tê éfe? " um koala no meio do gelo...) e já agora toda a gente sabe que não existem pinguins malditos (dammium pingum) nas Berlengas, isso só existe em Madagáscar. PORQUÊ QUE INSISTEM EM COMERCIALIZAR ISTO???

 

Resumindo e concluindo o que mais chateia nisto tudo, é que nem com artigos sobre os pandas tropicais (seres raivosos superiores a todo e qualquer ser terrestre, vejam nos posts antigos), a National Geographic cá aparece para ajudar a proteger estas fantásticas espécies.

 

Pedimos desculpa pela falta de profissionalismo, mas o Alfredo estava deveras revoltado com toda esta situação e então optamos por colocar a formalidade no armário e passar ao activismo (pode ser que a TVI nos venha cá buscar)

 

 

Revoltado por:

Redacção Fumar Orégãos

 

Editado por:

Nhex

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

RIP Ronnie James Dio

por Nhex, Terça-feira, 18.05.10

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Veio cá o senhor Papa!

por Nhex, Sábado, 15.05.10

È verdade, tentamos ir com ele no avião. Mas devido aos nossos ideiais semi-anarquicomaniacoantireligiosofanatismoeoutrascoisasquetal foi-nos barrada a entrada no avião. Mas não é sobre isso que vos vinha falar, queria falar sobre o Roqui Ballboa. Ele antes de ser campeão de futebol, foi um grande pugilista. Acreditem em mim, a história começou assim:

 

Certo dia, passeando nas Berlengas. Dando toques na bola do "soccer" a caminho da escola, o nosso herói é confrontado por dois seujeitos vindos do nada (um pouco como a senhora da Neo Blanc(Nunca viram?(têm mesmo que ver os anúncios da Neo Blanc, sempre que uma senhora se queixa duma nódoa(aparece na cozinha uma senhora da Neo Blanc para salvar o dia)))). Roqui pergunta: - Mas então qué que se passa hein? - ao que os suspei... ai, sujeitos respondem - Passa pra cá a carteira e o teu casaco da reebock pah! - vendo os larápios avançarem para o assalto Roqui aplica um golpe de esquerda, depois uma rasteira e um crachá nos olhos. Para terminar tal acesso de fúria o nosso incrível personagem evoca o grande Carlos Pandeja o Panda polar mais poderoso, e um dos marcos do grande império pandista e aplica um carrinho ao peito no segundo larápio.

 

Ao ver isto o treinador da equipa local que ali se encontrava à pesca de ameijoa brava (ameijoim bravius) perguntou a Roqui se gostaria de jogar futebol, ao que este disse - Sim! - ainda hoje Roqui joga, bate em pessoas, salva inocentes e ganha títulos!!! (tais como, jovem caceteiro do ano)

 

 

Não percam o próximo post, porque nós também não!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)