Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Confrontos rebentam entre M&M's

por Nhex, Quarta-feira, 03.07.13

 Quando a ONU pensava que a paz estava alcançada, eis que na prateleira dos doces da Mercearia do Vitó, na ilha 43.5 das Berlengas uma embalagem de "m&m's de chocolate" empurrou uma outra de "m&m's amendoim" para o chão. A força do impacto libertou todos os habitantes do recipiente e como toda a gente sabe quando isto acontece os m&m's oxidam transformando-se em pequenos pedaços de ferrugem, o que é desagradável de se assistir, principalmente para as inocentes gomas de banana que tiveram que testemunhar todo o incidente, mas não se preocupem caros leitores, elas já estão em terapia.
Com isto volta a tensão aos corredores de aperitivos e guloseimas das grandes cadeias de hipermercados, os representantes do LIDL já avisaram que ou os confrontos param ou terão que abastecer as suas prateleiras apenas com produtos de marca branca e pintarolas.
 O conflito armado entre estas duas variedades de chocolate terminou em 1972 com o assinar do "Tratado de Paz de Óbidos", que como toda a gente sabe celebra todos os anos este acontecimento com o festival de chocolate. O problema é agora cultural e as marcas do passado ainda estão bem presentes na mente de todos. Ainda no ano passado uma embalagem de "m&m's chocolate" que foi colocada por engano entre duas de amendoim numa máquina de vending foi violentamente agredida até que rebentou e mais uma vez os m&m's se transformaram em pedaços de ferrugem, só que os de chocolate têm um problema, não se transformam só em ferrugem, transformam-se em ferrugem radioactiva e depois aquilo é difícil de limpar.
 A associação "Amendoim Natura" veio em defesa dos pequenos m&m's de chocolate, afirmando que um amendoim não deve ter vergonha daquilo que é e por isso não se deve revestir de chocolate, acusando esta variedade (a do amendoim) de não respeitar as leis da natureza. Em contraste os smarties e as pintarolas defendem que já era tempo de se acabar com os m&m's de chocolate pois temem pelo futuro da sua espécie.
 O caso fez com que as duas mascotes dos M&M's se separassem chegando mesmo o vermelho (chocolate) a enviar uma carta bastante explicita ao amarelo (amendoim), a qual nós nos propusemos a publicar com algum controlo do conteúdo mais violento:

 

"Caro alimento de elefante achocolatado, espero que caias de um quarto andar e te esborraches no chão, que venham agulhas envenenadas e te piquem transformando-te num M&M roxo" - toda a gente sabe que este é o maior insulto que se pode dizer a um m&m, mas a carta segue dizendo - " e que quando isso acontecer, te transformes em fezes humanas e que de nenhuma forma te consigam retirar do sitio onde estás para que quando esta civilização acabar a próxima não se esqueça do significado daquilo que são as fezes humanas" (escusado será dizer que palavra o termo "fezes humanas" está a substituir)

 

Há rumores que a Coreia do Norte quer dar asilo politico a uma destas variedades se bem que os americanos pedem calma e apelam à paz.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Nhex às 23:29