Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Bimbynator?

por Nhex, Segunda-feira, 02.02.15

 

Não sei se repararam, mas, esta publicação começa com uma linha em branco. Sou tão hipster... Deixemos então a literatura experimental e vamos lá ao que interessa. Hoje, vou falar sobre o fenómeno Bimby e toda a malevolência envolvente por detrás da história deste utensílio de cozinha,  ou, microondas, ou, forno, máquina de fazer pipocas? Certo, eu sei pouco sobre esta criatura, mas sei o suficiente para vos contar a próxima grande história do jornalismo mundial.

Esta máquina, ao que parece, faz mil um tipos de refeições com o mínimo esforço possível para quem a manuseia. A mim parece-me muito bem... Ou será que parece? A cada nova versão, novas funcionalidades: ecrã táctil, lâmina trituradora indestrutível melhorada, upload de receitas, raios laser etc... 

A verdade é que, a longo prazo, o plano é fazer com que o máximo número de pessoas no mundo a adquira. Porquê? Porque, assim é possível retirar a capacidade de cozinhar sem auxilio ao ser humano. E quando essa capacidade estiver reduzida a um ou dois estudantes universitários, as máquinas atacam. E atacam simplesmente não fazendo nada, obrigando o mundo civilizado a passar fome, ou a comer ramen do LIDL. Guerras começam pela comida da avó e muitos outros desastres consequentes da estupidez humana.

Mesmo assim, nem tudo está perdido. Sabendo do perigo iminente, a resistência à dominação mundial é imposta no preço do produto, porque esse "nós" ainda podemos controlar. Apesar de tudo a sua prima mais nova "Yammy" está aí para dar uma ajuda, é mais barata dizem.

Resta-me apelar à calma e tenham cuidado com os robots de cozinha (sim há quem lhes chame isso). Para terminar apostaria num filme sobre o assunto. Algo que apelasse à sensibilidade humana, protagonizado por Arnold Schwarzenegger.

 

terminator-terminator-30973001-1280-1024-image-cre

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Nhex às 18:46